Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros

Apesar da pandemia, NCL prevê 100% da frota em operação até junho

Por conta do número de casos positivos da Covid-19, a NCL cancelou alguns de seus cruzeiros até abril nos Estados Unidos

Por conta do número de casos positivos da Covid-19, a NCL cancelou alguns de seus cruzeiros até abril nos Estados Unidos

Em uma reunião virtual realizada nesta quinta-feira (13), Frank Del Rio, CEO da Norwegian Cruise Line e Dr. Scott Gottlieb, presidente do SailSafe Gobal Health & Wellness Council, fizeram comentários sobre a situação epidemiológica da pandemia de Covid-19 nos Estados Unidos, bem como sobre a decisão do CDC de não dar continuidade na Ordem de Saída Condicional, que como previsto, encerrará em 15 de janeiro.

“Aproveitando o fato de que nossa indústria oferece testes robustos, rastreamos casos e os reportamos diligentemente ao CDC e a outras administrações de saúde pública. É algo que nenhuma outra indústria é obrigada a fazer”, pontua o CEO da NCL.

A armadora cancelou algumas das viagens de seus navios até abril, mas segundo Del Rio, a expectativa é que todas as embarcações estejam navegando no final da primavera. Dr. Gottlieb, embora não negue a possibilidade do surgimento de novas variantes, manifestou ceticismo em relação a uma possível nova onda de infecções recorde por conta das variantes Ômicron e ou Delta.

“Sinto-me muito confiante de que haverá baixa prevalência neste verão, que voltarei a viajar, voltarei às reuniões pessoalmente”, disse ele.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.