Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros

CEO da MSC prevê sucesso de cruzeiros de ultra luxo para mercado brasileiro

Gianni Onorato, CEO da MSC Cruzeiros

Gianni Onorato, CEO da MSC Cruzeiros

SANTOS – Quando a MSC Cruzeiros anunciou sua entrada no mercado de cruzeiros de ultra luxo, há cerca de suas semanas, não era de fato uma novidade para armadora. Isto porque o segmento já vem sendo trabalhado há algum tempo a bordo dos transatlânticos que possuem os andares e serviços exclusivos do Yacht Club, produto que oferece um iate com privacidade e exclusividade a bordo de navios que contam com grandes atrações.

“MSC Seaview leva indústria de cruzeiros no Brasil a outro nível”, diz CEO
“Brasil passa a receber o navio com o que há de mais moderno no mundo”, diz Adrian Ursilli

O CEO da MSC, Gianni Onorato, que está a bordo do MSC Seaview no Brasil, afirmou que os novos cruzeiros de ultra luxo serão a evolução do Yacht Club. De acordo com o executivo, esta será uma grande oportunidade para a MSC chegar a destinos mais exclusivos, considerados menores, que não têm a infraestrutura para receber navios com o porte do MSC Seaview, por exemplo, que conta com 2.066 cabines e mais de 153 toneladas.

“Atualmente temos uma oferta de mil cabines por semana no Yacht Club. Logo sabemos muito bem lidar com este segmento de luxo e agora estamos prontos para investir no segmento. Os cruzeiros de ultra luxo serão a evolução do produto Yacht Club, uma oportunidade para chegarmos a destinos exclusivos com navios menores, além de poder realizar cruzeiros que vão além dos sete dias. Isto foi um pedido de nossos clientes e estamos atendendo. Por conta disso, não estamos entrando no segmento de luxo, e sim desenvolvendo ainda mais”, disse Onorato.

E na visão do CEO da MSC, o mercado brasileiro terá sua devida importância a bordo dos navios ultra luxuosos. Isto porque, atualmente, as cabines do Yacht Club vendem mais rápido no Brasil do que em qualquer parte do mundo. “É um mercado considerado chave para nós também neste segmento de luxo. Tanto é que já temos reservas brasileiras para o Yacht Club do MSC Belissima para 2020, quando navegará por Dubai”, revelou Gianni.

Em número de cabines ofertadas pelos quatro navios, a MSC será considerada a maior armadora de luxo do mercado. “E iremos levar a qualidade de nossos cruzeiros a um outro nível com cabines melhores e maiores, além de operar em destinos exclusivos, o que acaba sendo desafiador para todos nós. E tem mais. Teremos navios menores com características de navios grandes, algo exclusivo na indústria, como por exemplo um espetáculo do Cirque de Soleil, que precisa de um grande espaço e investimento, com o mesmo conceito do Yacht Club”, afirma.