Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros

MSC Cruzeiros começa a utilizar energia proveniente de portos na Europa

MSC Virtuosa arrives into Southampton. Photo credit MSC Cruises, Blue Harbour

Até o final de 2022, 11 dos 21 navios da MSC Cruzeiros — incluindo todos os novos navios construídos desde 2017 – estarão equipados com capacidade de energia proveniente de terra

MSC Cruzeiros anunciou que, a partir do final de maio, dois navios da frota usarão pela primeira vez a conectividade de energia proveniente de terra de maneira constante: o MSC Virtuosa no Horizon, novo Terminal de Cruzeiros do Porto de Southampton, no Reino Unido, e o MSC Poesia em Rostock — Warnemünde, Alemanha, com objetivo de minimizar o impacto dos navios de cruzeiro enquanto estão atracados.

A energia proveniente de terra permite que os navios desliguem seus motores e se conectem à energia elétrica local para operar seus sistemas de bordo. Com a eletricidade chegando ao navio por meio de um transformador especialmente projetado no porto, esse processo evita as emissões produzidas pelos geradores a diesel.

A energia proveniente de terra permite que os navios desliguem seus motores e se conectem à energia elétrica local para operar seus sistemas de bordo

Até o final de 2022, 11 dos 21 navios da MSC Cruzeiros — incluindo todos os novos navios construídos desde 2017 – estarão equipados com capacidade de energia proveniente de terra. Os navios existentes estão sendo ou serão adaptados no futuro, à medida que seus itinerários incluírem portos onde a energia de terra esteja disponível.

“Estamos ansiosos para usar a energia proveniente de terra em Southampton e Warnemünde em 2022 e parabenizamos as autoridades portuárias por seu compromisso inovador e com visão de futuro. Nós da MSC Cruzeiros. estamos continuamente nos esforçando para melhorar nossa pegada ambiental, e a energia de terra nos permite reduzir drasticamente as emissões de nossos navios enquanto atracados”, disse Linden Coppell, diretora de Sustentabilidade da MSC Cruzeiros.

Southampton é o principal porto de embarque de cruzeiros da Europa, recebendo mais de 2 milhões de passageiros por ano. É também o primeiro porto do Reino Unido a fornecer energia originária de terra para navios de cruzeiro. Rostock – Warnemünde, por sua vez, é o maior fornecedor de energia proveniente de terra para navios de cruzeiro na Europa. Em ambos os casos, a estreita colaboração com as autoridades locais, tornou possível o fornecimento e uso de energia.

Por outro lado, de acordo com a Clia, não existem mais de 14 portos visitados por seus membros que estejam equipados com capacidade para eletricidade proveniente de terra, enquanto apenas 7% dos berços de cruzeiros serão equipados até 2025.

Acordo com a Cruise Baltic

As empresas assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) sobre seus esforços conjuntos para contribuir para o uso do fornecimento de energia de terra na região do Mar Báltico. O MoU, assinado em reconhecimento da importância de reduzir a poluição atmosférica causada pelo homem, destaca um desejo mútuo de contribuir para reduzir o impacto ambiental da indústria de cruzeiros.

A Cruise Baltic inclui 32 portos e destinos na Região do Mar Báltico. Ao assinar o acordo, a Cruise Baltic se compromete a trabalhar para instalações de fornecimento de energia provenientes de terra na região, com o objetivo de aumentar o número de instalações no Mar Báltico. Para cumprir o seu objetivo, a MSC Cruzeiros compromete-se a garantir que os navios de cruzeiro que fazem escalas regulares nos respectivos portos na região do Mar Báltico utilizem a fonte de alimentação de energia de terra, se disponível, o mais rapidamente possível ou a partir de 1º de janeiro de 2024.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.