Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Parques e Atrações / Política

MTur contrata instituição para apoiar desenvolvimento de geoparques no Brasil

O Ministério do Turismo e a Unesco acabam de anunciar que a Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) será responsável pela elaboração de um manual para o desenvolvimento de projetos turísticos de geoparques no Brasil. A escolha foi feita a partir do edital lançado em setembro pela Pasta.

 Geoparque do Seridó está em avaliação pela Unesco

Geoparque do Seridó está em avaliação pela Unesco

“Estamos dando mais esse importante passo para que outros territórios desse porte tenham a mesma qualificação e possam se estruturar para auxiliar a tornar o país em uma grande referência neste tipo de turismo”, declara Gilson Machado Neto, ministro do Turismo.

A iniciativa visa desenvolver de forma sustentável, unindo consciência ambiental e histórica com desenvolvimento econômico.“A crescente demanda pelo turismo de natureza nos traz a responsabilidade do ordenamento do setor com foco na preservação do meio ambiente, mas também com o foco nas reais necessidades do mercado, formando profissionais qualificados”, declara Nicole Facuri, diretora de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Turismo;

O manual produzido pela instituição selecionada deverá contar com informações que dos conceitos de geodiversidade, geopatrimônio, geoconservação, geoturismo e geoparque, além da descrição dos quatro pilares fundamentais para o desenvolvimento desse tema: Patrimônio Geológico Internacional, Gestão, Visibilidade e Trabalho em Rede, bem como o panorama dos projetos de geoparques existentes no Brasil.

O material deverá contar também com o mapeamento, por região, dos projetos de geoparques existentes no Brasil, incluindo status dos respectivos projetos e referenciais para contato. Para isso, deverá ser utilizado como referencial o Projeto Geoparques sob a tutela da CPRM – Serviço Geológico do Brasil. Entre eles, estão o Sertão Monumental (CE), Cânion do São Francisco (AL, SE e BA) e o Alto Vale do Ribeira (SP e PR).

“A criação de um manual de desenvolvimento de projetos turísticos de geoparques aumentará a competitividade e a visibilidade do Brasil no geoturismo, assim como ampliará a oportunidade de geração de emprego e renda em comunidades locais onde geoparques estão sendo estabelecidos”, declara Marcos Nascimento, coordenador geral do projeto.

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.