Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Política

Novo governo de Santa Catarina deve extinguir Setur e Santur

Santa Catarina se acostumou a ser representada nos principais eventos de Turismo do Brasil e do mundo

Santa Catarina se acostumou a ser representada nos principais eventos de Turismo do Brasil e do mundo

Uma das atividades econômicas mais proeminentes do estado de Santa Catarina não será representada por uma Secretaria a partir do dia 1º de janeiro. Responsável por 13% do PIB do Estado, o Turismo não terá mais uma pasta exclusiva. A Santa Catarina Turismo (Santur) também será extinta pelo governador eleito, Carlos Moisés (PSL). O ato vai na contramão da montagem do governo federal, sob o comando de Jair Bolsonaro, do mesmo partido que Moisés, que confirmou a manutenção do MTur na última semana.

Carlos Moisés anunciará nesta segunda-feira (3) a nova estrutura do governo estadual. Nela, se pretende extinguir a Secretaria de Turismo. Serão três super Secretarias, duas pastas ligadas diretamente ao governador, além de dez secretarias centrais. No atual modelo, são 16 secretarias centrais, três executivas e 20 Agências de Desenvolvimento Regional, totalizando 39 pastas.

Estão confirmadas a Controladoria-Geral do Estado, Casa Civil, Procuradoria e as duas secretarias diretamente ligadas ao governador: Defesa Civil, Governança e Integridade. Também serão extintos o Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) e o Deter (Departamento de Transportes e Terminais) e serão renomeadas, extintas, com as atribuições reorganizadas ou rebaixadas as pastas de: Assistência Social, Trabalho e Habitação, Comunicação, Justiça e Cidadania, Planejamento, Turismo, Cultura e Esporte.

Na última década, Santa Catarina se notabilizou por uma série de ações de promoção e estruturação do Turismo. Sempre com protagonismo nas feiras e eventos do trade e sob o comando da Santur, ganhando diversos prêmios e ampliando a chegada de visitantes e a geração de emprego e renda no estado.