Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Política / Serviços

Banco Central está preparado para intervir no câmbio em caso de excessos

Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. (Foto: (Marcello Casal/ Agência Brasil)

Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto (Marcello Casal/Agência Brasil)

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira (8) que apesar de o câmbio ser flutuante (definido pelo mercado), a instituição dispõe de mecanismos para evitar excessos. Ele afirmou ainda que o BC está preparado para fazer atuação maior, a qualquer momento, se for necessário.

“Existe uma política para evitar excessos, alinhar o câmbio e estabilizar os mercados”, disse Roberto, em transmissão ao vivo pela internet promovida pelo banco Credit Suisse. Ele acrescentou que o BC tem “arsenal bastante grande” para atuar no mercado de câmbio.

“Parte do mercado advogava fazer programas mais agressivos para o câmbio, nós sempre entendemos que era importante dar liquidez, não influenciar a trajetória de preço, mas sempre olhando o real em relação a outras moedas. Temos um arsenal bastante grande. Entendemos que o real desvalorizou muito e um pouco mais em relação a outras moedas. Estamos preparados a qualquer momento para fazer uma coisa maior, se for necessário, mas entendemos que o câmbio é flutuante”, afirmou o presidente do Banco Central.

Receba nossas newsletters