Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Destinos

Chile vai manter fronteiras fechadas até junho

Vista de Santiago, capital chilena

Testes e rastreamentos serão intensificados, com unidades móveis instaladas em shoppings, estações de metrô e restaurantes

O Governo do Chile vai prorrogar o fechamento das fronteiras por mais 30 dias, pelo menos até 5 de junho, já que os hospitais continuam cheios e o número de casos de Covid-19 ainda está alto. No entanto, haverá uma flexibilização gradual do regime de lockdown na capital Santiago, após um mês de confinamento. Sete bairros poderão sair do lockdown durante os dias de semana, e as escolas serão reabertas se cumprirem medidas sanitárias rígidas.

“A situação sanitária está mostrando alguns sinais de melhora. Estamos vendo mudanças, mas isso não significa que precisamos parar de lutar”, disse Paris. O Chile está conduzindo uma das mais rápidas campanhas de vacinação no mundo – metade de sua população prioritária já foi imunizada com uma dose e 38,8% já receberam duas. Isso fez com que as internações caíssem nos grupos etários mais velhos e que já foram vacinados.

Já os testes de Covid-19 e rastreamentos serão intensificados, com unidades móveis instaladas em shoppings, estações de metrô e restaurantes, e haverá melhor rastreamento após surtos em locais de trabalho, além de mais inspetores locais para checar pessoas em quarentena e fiscalizar eventuais reuniões clandestinas.

Fonte: Reuters

Receba nossas newsletters