Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Política

Em entrevista ao M&E, secretário de Turismo de Gramado avalia situação e tranquiliza turistas

46583c92 bb73 4a6e 8890 c78c71326f28 Em entrevista ao M&E, secretário de Turismo de Gramado avalia situação e tranquiliza turistas

Ricardo Bertolucci Reginato, novo secretário de Turismo de Gramado, falou com exclusividade ao M&E sobre os próximos passos (Reprodução/Instagram)

Em entrevista exclusiva ao MERCADO & EVENTOS, nesta quarta-feira (15), Ricardo Bertolucci Reginato, novo secretário de Turismo de Gramado – um dos principais destinos turísticos do país e que recebe 8 milhões de visitantes por ano, abordou o delicado momento que vive a cidade e a necessidade de retomar o turismo no local. De acordo com o gestor, Gramado segue sendo segura e voltará com tudo nas atividades turísticas muito em breve.

“Temos que retomar o turismo! Trabalhar estratégias para retomar todas as atividades no momento oportuno, que deve acontecer ainda nas próximas semanas. Estamos trabalhando bastante, realizando conversas estratégicas e entendemos que a retomada tem que ser no momento certo. Mas estamos falando de 86% da economia da nossa cidade e precisamos lidar com o turismo aqui, trabalhando isso de maneira muito séria”, disse .

De acordo com o gestor, Gramado segue sendo segura e voltará com tudo nas atividades turísticas muito em breve. “Temos que retomar o turismo! Trabalhar estratégias para retomar todas as atividades no momento oportuno, que deve acontecer ainda nas próximas semanas”

No dia 3 de maio, em uma entrevista concedida ao Jornal do Comércio, o secretário havia dito que seria ‘difícil garantir que a cidade estaria segura’. Contudo, Ricardo já enxerga a situação com outros olhos, sem negar a gravidade do momento que vive o Estado.

“Naquele momento, era o início das chuvas, nenhuma cidade do estado conseguia garantir a segurança naquele momento, não dava para prever qualquer coisa. Mas agora o cenário começa a mudar. Começamos a lidar com a estiagem e lidar com os danos. Não somos vítimas de enchente pois somos uma cidade alta. Tivemos alguns danos pontuais, como deslizamentos, mas principalmente na região turística e no centro da cidade, não tivemos grandes danos. A cidade está praticamente plena”, garantiu.

“Remarque! Não cancele. Se você tinha uma viagem marcada para maio, remarque para os próximos meses. Vale a pena vir para Gramado e estamos ansiosos para voltar a receber vocês

Para tranquilizar ainda mais, o secretário afirma que a avaliação de danos tem sido realizada por uma equipe de geológos, que têm estudado e entendido o solo do local para evitar riscos de possível colapso. Além disso, a prefeitura está traçando um plano de gestão de risco, para caso situações como esta voltem a ocorrer no futuro, a cidade não tenha grandes impactos.

Recados para quem tem viagem marcada

Ricardo deixou também dois recados para aqueles que tinham viagens marcadas para o destino neste período e para aqueles que estão curiosos em como a cidade se portará.

PRIMEIRO RECADO – “É muito importante que as pessoas entendam que vivemos do turismo e seguimos disposto a receber e encantar como sempre fizemos. Por este motivo, precisamos continuar trabalhando a promoção da nossa cidade, até mesmo para ajudar na recuperação do nosso estado. Tinhamos ações programadas para o B2B, como feiras e workshops, e vamos seguir com a programação, focando na promoção do destino principalmente nos mercados do Sul e Mercosul, que não dependem tanto do transporte aéreo, que ainda tem uma grande luta pela frente”.

SEGUNDO RECADO – “Remarque! Não cancele. Se você tinha uma viagem marcada para maio, remarque para os próximos meses. Vale a pena vir para Gramado e estamos ansiosos para voltar a receber vocês. Tem muita gente boa, com gás e com vontade para fazer Gramado dar, mais uma vez, um exemplo de vanguarda no turismo nacional”, disse.

“Talvez um dos momentos mais desafiadores da nossa história”

Apesar da mensagem de otimismo e tranquilização, Reginato sabe que tem um grande desafio pela frente. O secretário, que assumiu a pasta há menos de um mês, promete, no entanto, que trabalhará em conjunto com a iniciativa privada e poder público, em uma política de ‘porta-abertas’.

“Tudo que eu faço como gestor neste período desde que assumi o cargo é ouvir muito e trocar muito. Esse é talvez um dos momentos mais desafiadores da nossa história, mas a reconstrução do cenário turístico de Gramado vai acontecer muito em consonância entre poder público e iniciativa privada. Tudo tem sido discutido com o trade. Já mostramos nosso potencial de construir, planejar e estruturar um turismo eficaz e sei que isso vai acontecer de novo”, finalizou.

Receba nossas newsletters