Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Feiras e Eventos / Política

Collor e Newton Cardoso abordam turismo como política de estado e legalização dos jogos

Senador Fernando Collor

Senador Fernando Collor

O encerramento do 13º Congresso Brasileiro de Convention & Visitors Bureaux ficou marcado pela demonstração de apoio do Congresso Nacional ao setor de Turismo. Estiveram presentes no último painel do evento o senador Fernando Collor (Pros-AL), ex-presidente do Brasil e presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal, e do deputado Newton Cardoso Júnior (MDB-MG), ex-presidente da Comissão de Turismo da Câmara.

Fernando Collor fez um discurso salientando as dificuldades pelas quais atravessa o Turismo, e reforçando a importância do setor pelo seu impacto em diversos segmentos. Collor também destacou o trabalho do Congresso para aprimorar a legislação do setor e ajudar em ações emergenciais.

O senador também falou sobre o trabalho realizado à frente da comissão e suas percepções sobre o setor. “Tendo ouvido amplo espectro de segmentos, gostaria de compartilhar duas percepções. A primeira delas é que o caminho de saída da crise passa pelo avanço da vacinação. Quanto mais rápido conseguimos imunizar nossa população mais célere será a recuperação da atividade turística. Em segundo lugar, mais do que parte do problema, o Turismo deve ser entendido como solução do problema. Pela abrangência de suas implicações econômicas deve ser objeto de uma política de estado, com diretrizes de médio e longo prazo”, destacou.

Fernando Collor ainda falou sobre o foco no turismo doméstico e na aposta em soluções para incrementar número de turistas internacionais no Brasil. “

“Muito antes da pandemia o número de viajantes internacionais já era muito aquém do potencial dos nossos atrativos. Não me parece razoável que o Brasil se acomode em receber um número de viajantes estrangeiros menor que o de cidades europeias e americanas”, afirmou.

Deputado Newton Cardoso Júnior

Deputado Newton Cardoso Júnior

Já o deputado Newton Cardoso Júnior reforçou o discurso de Collor sobre as medidas emergenciais aprovadas pelo Congresso Nacional para garantir a continuidade da atividade turística. O ex-presidente da comissão de turismo também citou a importância de ampliar receitas por medidas alternativas, entre elas a legalização dos jogos.

“Nós podemos somar com algumas ideias e inovar ainda mais soluções para o turismo no Brasil através da aprovação da legislação dos jogos. É um dos caminhos que temos para aumentar a arrecadação, gerar na faixa de 500 mil a 1 milhão de empregos nesse setor, considerando a aprovação do PL 442”, afirmou Newton.

“Nesse momento, em que uma pandemia dilacera famílias e compromete o futuro da educação, não podemos abrir mão, seja por questões de tabu ou ideológicas sem muito fundamento, de soluções que promovam o Brasil e promovam o desenvolvimento, como seria uma legislação para os jogos”, completou

Receba nossas newsletters