Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Agências e Operadoras / Destinos

Atout France atualiza agentes e operadores sobre temporada de esqui na França

clubmed

As montanhas podem passar a exigir a apresentação do passaporte sanitário caso a quantidade de contaminações por Covid-19 chegue a ultrapassar o número de 200 casos a cada 100 mil pessoas

A Atout France divulga nesta sexta-feira (26) um comunicado às operadoras de turismo sobre a situação da temporada de esqui no país .O primeiro-ministro da França, Jean Castex, anunciou que o governo queria ver a reabertura das estações de montanha francesas para a temporada de inverno 2021/22. Para isso protocolos sanitários terão de ser aplicados, embora o “passaporte sanitário” não seja necessário para acessar às subidas mecânicas.

As montanhas podem passar a exigir a apresentação do passaporte sanitário caso a quantidade de contaminações por Covid-19 chegue a ultrapassar o número de 200 casos a cada 100 mil pessoas. Essa medida garantiria o funcionamento do serviço e o acesso seguro às subidas mecânicas. Além disso, o uso da máscara nas áreas externas será obrigatório nas filas de espera e nas subidas mecânicas em função das orientações dadas pela empresa.unnamed (1)

Outras regras

Desde julho, o passaporte sanitário é obrigatório para acessar as áreas de lazer e de cultura reunindo mais de 50 pessoas: casa de shows/ espetáculos, parques de diversão, fliperamas, boates, museus, cinemas, teatros, monumentos/castelos, etc. O pedido do QR code francês tem que ser feito na França após a chegada, nas farmácias. Para isso, é preciso apresentar: o passaporte e o certificado de vacinação completa original impresso

É possível conferir no site www.sante.fr o mapa das farmácias que fazem a conversão do certificado de vacinação em passe sanitário (QR Code francês). O custo é de 36 euros por pessoa. O passe sanitário não é exigido porém para embarcar, basta o certificado de vacinação completa. Desde 1º de agosto, este passaporte sanitário se tornou obrigatório para entrar em cafés, restaurantes, shoppings (de mais de 20 mil m²), transportes de longa distância (avião, trem, ônibus) e hospitais.

unnamed

Brasil segue como classificação vermelha para a França

Para poder acessar estes locais e eventos, qualquer pessoa acima de 12 anos e dois meses de idade deve apresentar um dos itens a seguir: certificado de vacinação completa; teste PCR negativo de menos de 72 horas; comprovante de que já foi contaminado pela Covid-19; ou autoteste realizado com a supervisão de um profissional de saúde.

A partir de 15 de dezembro, as pessoas de mais de 65 anos de idade e as pessoas que foram vacinadas pela Janssen, deverão ter recebido uma dose complementar da vacina para que seu passaporte sanitário permaneça válido. As aglomerações, reuniões ou atividades realizadas nas vias públicas visando reunir presencialmente mais de 10 pessoas permanecem proibidas. O consumo de álcool nas vias públicas permanece proibido.

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.