Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Feiras e Eventos

Ethiopian Airlines celebra sucesso de suas operações no Brasil e Argentina

Raphael de Lucca, gerente de Vendas no Brasil, e Girum Abebe, diretor da Ethiopian na América Latina

Raphael de Lucca, gerente de Vendas no Brasil, e Girum Abebe, diretor da Ethiopian na América Latina

BUENOS AIRES – No Brasil desde 2013, a Ethiopian Airlines completou cinco anos de operação com uma grande novidade para a América do Sul. Desde maio, a companhia opera trechos diretos entre São Paulo/GRU e Aeroporto Internacional de Buenos Aires/Ezeiza, e a FIT 2018, uma das maiores feiras de turismo da América Latina, é uma grande oportunidade para a Ethiopian divulgar seus serviços e se consolidar de vez no mercado argentino.

Com um hub estrategicamente localizado em Adis Abeba, capital da Etiópia, a Ethiopian Airlines atualmente conecta Américas, Europa, Ásia, África e Oriente Médio com agilidade e facilidade para seus passageiros. Em entrevista no estande do M&E, Girum Abebe, diretor para América Latina, e Raphael de Lucca, gerente de Vendas Brasil da Ethiopian, comentaram sobre a grande e rápida evolução da companhia na América do Sul.

“Os novos voos diretos entre Brasil e Argentina são extremamente interessantes para a Ethiopian. É sem dúvidas uma rota cheia de surpresas para nós, visto que são dois mercados extremamente importantes na América do Sul. Agora é a hora de desenvolver ainda mais a nossa presença por aqui, já que a cada dia entramos um pouco mais no continente”, disse Girum Abebe, que descartou, por enquanto, novos voos para a região. “O primeiro passo é penetrar neste mercado com o que já temos. E tenho certeza que foi uma boa escolha servir os dois países”, disse.

O diretor para a América Latina considera a nova rota entre Brasil e Argentina já bem sucedida. “Em cinco meses de operação, estamos com uma ocupação média de 60%, o que para a Ethiopian com uma nova rota no mercado sul-americano é extremamente interessante. Até então, não considerávamos a Argentina um destino turístico e agora já pensamos em levar turistas da China, Índia e Oriente Médio com melhores conexões e menor tempo”.

Questionado pelo M&E sobre o porquê dos passageiros optarem pela Ethiopian ao viajar entre Brasil e Argentina, o diretor foi enfático. “Primeiro que é um voo widebody, com todo conforto e com 100% de serviço internacional. Os horários são bons, porque você pode passar o dia em qualquer cidade e viajar no fim da noite. As conexões são muito boas e os passageiros adoram o nosso conhecido café orgânico etíope a bordo”, revelou.

Já Raphael de Lucca afirma que o voo entre Brasil e Argentina é a grande chance para a Ethiopian se consolidar em ambos os mercados, visto que os profissionais e passageiros agora têm mais chances de conhecer o serviço da companhia com uma rápida viagem entre os países. “Somos cada vez mais conhecidos neste mercado e essa é mais uma oportunidade de crescimento. Estamos tendo um feedback extremamente positivo justamente por conta desta descoberta. Nosso atendimento, com sorriso no rosto e atenção, conquista os passageiros”, frisou.

O M&E viaja de Ethiopian Airlines e com proteção GTA