Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros

Temporada brasileira de cruzeiros 2018/2019 alcança 100% de ocupação

A estimativa é que esse período de atividades tenha um impacto na economia brasileira acima de R$ 2 bilhões

A estimativa é que esse período de atividades tenha um impacto na economia brasileira acima de R$ 2 bilhões

A temporada de cruzeiros 2018/2019 no Brasil chega ao fim e contabiliza 100% de ocupação nas sete embarcações que navegaram por aqui: MSC Seaview, MSC Poesia, MSC Fantasia e MSC Orchestra, Costa Favolosa, Costa Fascinosa e Pullmantur Sovereign. Segundo levantamento da Clia Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), foram ofertados 500 mil leitos na temporada, número 15% acima do período 2017/2018, com 545 escalas em alguns dos destinos mais desejados do Brasil como Rio de Janeiro, Santos, Búzios, Salvador, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Balneário Camboriú, Portobelo, Cabo Frio, Recife, Angra dos Reis, Maceió, Ubatuba e Fortaleza.

A estimativa é que esse período de atividades tenha um impacto na economia brasileira acima de R$ 2 bilhões, considerando os 15% de aumento no total de viajantes embarcados, em relação à temporada anterior de 2017/2018, que injetou mais de R$ 1,792 bilhão na economia nacional.

“Os dados oficiais da temporada ainda estão em fase de levantamento e serão lançados em agosto deste ano. Podemos ultrapassar os 100% de ocupação, já que estamos considerando apenas as cabines duplas, que também possuem leitos extras, fator que pode elevar esse número. Foi uma ótima temporada, todos estão satisfeitos e já trabalhando para a próxima”, disse o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz.

Marco Ferraz, presidente-executivo da Clia Brasil.

Marco Ferraz, presidente-executivo da Clia Brasil.

“Para a Costa Cruzeiros, a América do Sul é um mercado estratégico e crescente. Encerramos a temporada 2018/2019 com praticamente 100% de ocupação nos navios Costa Favolosa e Costa Fascinosa, enfatizando a grande satisfação de nossos hóspedes, sendo a mais alta da temporada. Para 2019/2020, teremos 22 dias adicionais de operação com o Costa Fascinosa e o Costa Pacifica. Ao estender a temporada crescemos de maneira sustentável na região, uma vez que, com os mesmos dois navios, conseguimos oferecer ao hóspede mais opções de roteiros e a possibilidade de viajar até meados de abril”, comemorou Dario Rustico, presidente executivo da Costa Cruzeiros para a América do Sul e Central.

“O Brasil é um mercado estratégico para a MSC Cruzeiros e por isso mantemos investimentos constantes no país. Estamos extremamente felizes com os nossos resultados dessa temporada e já estamos trabalhando para que a temporada 2019/2020 seja um sucesso ainda maior. Teremos um crescimento de 15% em relação à temporada atual, com uma oferta de 117 mil cabines e quatro navios com embarques em portos nacionais que oferecerão férias completas para os brasileiros”, comentou Adrian Ursilli, diretor Geral da MSC Cruzeiros.

“A Temporada brasileira de cruzeiros 2018/2019 foi bastante positiva para a CVC Corp. A CVC registrou crescimento de duplo dígito na temporada, tendo atendido cerca de 150 mil clientes em cruzeiros, pela costa brasileira e América do Sul, por meio de nossas parceiras comerciais MSC, Costa e Pullmantur. O Brasil recebeu transatlânticos de alto nível de serviço e entretenimento de bordo, também oferecendo aos clientes diversidade em rotas e propostas de serviços, o que impulsiona ainda mais a decisão de compra do brasileiro, que já vê os navios como bons produtos de viagem para todos as idades e estilos. E, para atender a essa demanda, desde o final do ano passado já estamos comercializando os cruzeiros para a temporada 2019/2020 no Brasil”, disse o Diretor executivo de produto marítimo e terrestre internacional na CVC Corp, Sylvio Ferraz.

NOVI