Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Política / Vai e Vem

Paulo Senise é nomeado presidente da Embratur

Paulo Senise é o novo presidente da Embratur

Paulo Senise é o novo presidente da Embratur

A promoção internacional do Brasil será comandada por um executivo acostumado com a função. Com passagens pelo Rio CVB e pela TurisRio, o escolhido foi Paulo Senise, que assume o cargo antes ocupado por Teté Bezerra. O Diário Oficial da União publica nesta sexta-feira (09) a nomeação de Senise como presidente da Embratur. O despacho já era esperado há alguns dias pelo trade, que considera uma escolha técnica.

Senise falou com exclusividade ao M&E sobre suas expectativas e metas no cargo. “O momento é de desafio, não resta dúvida por conta da conjuntura econômica. A Argentina, nosso principal emissor, por exemplo, passa por momento difícil. Mas, é também momento otimista porque vimos uma sinalização clara do presidente para o Turismo. Primeiro com a manutenção do Ministério e também pela isenção dos vistos”, disse.

Ele destacou o quanto a isenção dos vistos pode ser benéfica. O executivo lembrou que tem 42 anos no Turismo internacional no Brasil, sempre atuando no receptivo e que, há mais de 20 anos participa da discussão sobre vistos. “Os players viam com dificuldade a questão do visto. O mercado de inventivos, que é tão forte nos EUA, se afastou do Brasil, por exemplo”, destacou.

Mesmo com este avanço, Senise reconhece que há ainda muito a ser recuperado. Ele lembra que todas as noites cerca de 200 mil quartos de hotel dormem vazios no Brasil. E que com um aumento de apenas 10% no número de turistas internacionais, esta realidade já sofreria um impacto direto. “Estou com muita vontade e pressa de pisar no acelerador. Pretendo passar tempo no Instituto conhecendo programas em prática atualmente e daí fazer uma análise em conjunto com os técnicos. Então vamos traçar plano de ação em cima do Plano Nacional de Turismo, que hoje é conjunto de recomendações muito BM feitas, mas falta um cronograma de ação”, adiantou.

EMBRATUR AGÊNCIA

Senise também vê com bons olhos a transformação da Embratur em uma agência e reconhece a urgência do tema. Ele relata que todos os seus antecessores sofreram com o orçamento limitado para fazer as campanhas adequadas. “O modelo de agência parece, a todos que militam no setor, o melhor” disse. “Esta é uma questão fundamental , porque um destino do tamanho do Brasil precisa de um orçamento proporcional. O Turismo tem esta capacidade de gerar emprego rapidamente e transformar a vida de tanta gente e precisa ser visto desta forma”, finalizou.

CARREIRA

Paulo Senise é um dos nomes mais conceituados no Turismo brasileiro. Em sua carreira se especializou em divulgar destinos, seja no Brasil ou no exterior. A sua trajetória é muito marcada pela atuação de quase 11 anos no Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB), primeiro como diretor Comercial e depois como diretor-executivo. Antes disso, atuou por três anos como diretor de Vendas da Starwood.

Após sair do Rio CVB em 2014, Senise foi presidente da TurisRio por quatro anos. Em janeiro deste ano assumiu a presidência da Brasil Destination marketing de Turismo, empresa fundada em 1984 para operar grupos de incentivo.

Receba nossas newsletters