Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Destinos / Feiras e Eventos

Em palestra, Guilherme Paulus destaca poder da vacina e potencial turístico do Brasil

Guilherme Paulus em palestra no 13º Congresso Brasileiro de Convention & Visitors Bureaux

Guilherme Paulus em palestra no 13º Congresso Brasileiro de Convention & Visitors Bureaux

O potencial do turismo brasileiro foi abordado pelo fundador da CVC e da GJP, Guilherme Paulus, durante palestra neste primeiro dia do 13º Congresso Brasileiro de Convention & Visitors Bureaux. O empresário falou sobre as oportunidades para hotelaria e destinos neste momento de retomada do setor.

Paulus iniciou sua fala reforçando o poder da vacinação como forma de reativar a economia e gerar mais confiança para o retorno das viagens. Para isso, citou o exemplo da Europa, com a presença de turistas em jogos da Euro e dos Estados Unidos, onde já acontecem eventos após o forte avanço da vacinação.

“Com a vacinação e esta abertura das fronteiras, as viagens já começam a retomar de maneira mais efetiva. Estamos vendo a Eurocopa com público e nos Estados Unidos também essa retomada de confiança. O mundo começa a ter uma retomada sólida”, destacou.

Guilherme também reforçou a importância da retomada de eventos, maior fonte de faturamento para muitos hotéis e enumerou os atrativos turísticos brasileiros em destinos como Gramado, com a hotelaria, atrações e iniciativas inovadora; Foz do Iguaçu com as cataratas; a Bahia, com todo o processo de modernização e revitalização dos últimos anos; e o Rio de Janeiro pelas belezas naturais e por ser um cartão postal do país.

“O mundo não tem isso. Temos que acreditar, pois este país é uma grande potência turística”, afirmou. “O turismo é o caminho da oportunidade. Ele movimenta mais de 52 setores da economia. Mais do que nunca, o turismo é uma potência. Temos que acreditar isso e competir até com o agronegócio” finalizou.

Receba nossas newsletters