Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Destinos

Latam e Delta expandem codeshare envolvendo 20 rotas internacionais

Delta e latam

Delta adicionará em sua rede 12 rotas internacionais operadas pelo grupo Latam entre a América do Sul e os Estados Unidos

O grupo Latam e a Delta Air Lines anunciaram a expansão do seu codeshare, que dará aos clientes acesso a mais de 20 rotas entre os Estados Unidos e a América do Sul, assim como conexões a destinos no continente. A expansão permitirá ao grupo Latam adicionar em sua rede 8 novas rotas internacionais operadas pela Delta entre a América do Sul e os Estados Unidos, além de 11 destinos nos Estados Unidos a partir de Atlanta.

Já a Delta adicionará em sua rede 12 rotas internacionais operadas pelo grupo Latam entre a América do Sul e os Estados Unidos a partir de Miami, Orlando, Nova York (JFK) e Los Angeles (LAX), além de sete rotas internacionais dentro da América do Sul e 4 novos destinos no Chile.

A expansão vai beneficiar clientes com mais conexões entre os dois continentes: mais de 40 destinos na América do Sul, incluindo rotas domésticas no Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, rotas dentro da América do Sul, entre América do Sul e Estados Unidos e mais de 70 rotas domésticas dentro dos Estados Unidos.

unnamed (1)

Rotas internacionais

Além disso, a Delta a Latam irão complementar a sua atual rede de codeshare nos próximos meses com novas rotas para destinos da Delta nos Estados Unidos e entre os Estados Unidos e o Canadá. “Esta expansão do codeshare permite oferecer aos passageiros da Latam e da Delta a mais ampla rede de conexões do continente, com melhores horários, segurança e um serviço mundialmente premiado”, afirma Marty St. George, CCO do Latam Airlines Group.

“A Delta está mais do que nunca comprometida em oferecer aos nossos clientes amplas opções de viagens e um serviço premiado. A extensão do nosso acordo de codeshare com o grupo Latam permitirá que a Delta expanda a nossa rede de rotas em conexão e benefícios para o cliente assim que as fronteiras forem reabertas e os clientes viajarem livremente novamente”, afirma Alain Bellemare, presidente internacional da Delta Air Lines.

unnamed

Rotas domésticas conectadas nos EUA

Atualmente, o acordo entre Latam e Delta permite que os clientes Latam Pass e SkyMiles acumulem milhas e pontos em seus respectivos programas de passageiro frequente, incluindo embarque prioritário, bagagem adicional e acesso às salas VIP para determinadas categorias. Os clientes poderão conectar-se facilmente entre os voos da Delta e da Latam em aeroportos onde as companhias aéreas mudaram para o mesmo terminal.

Histórico

O Grupo Latam assinou um acordo bilateral com a Delta em fevereiro de 2020. O acordo entrou em vigor em 1º de abril. A Latam também firmou acordo de codeshare com a Delta, que entrou em vigor durante o primeiro semestre de 2020. O código ‘LA’ foi adicionado aos voos da Delta de Nova York (JFK), Miami, Boston, e Orlando para 65 destinos nos Estados Unidos e no Canadá. Da mesma forma, o código ‘DL’ da Delta foi adicionado aos voos da Latam de São Paulo (Guarulhos) e Rio de Janeiro (Galeão) para 37 destinos no Brasil.

Em agosto, a Delta planejou a expansão do acordo de codeshare com o Grupo Latam, entre setembro de 2020 e março de 2021, cobrindo novas rotas no Brasil, Colômbia e Equador, bem como voos internacionais a partir do Peru. No Brasil, os voos envolvidos têm saídas de Rio de Janeiro e São Paulo/GRU. A Delta colocará seu código de voo DL em voos do Rio para Foz do Iguaçu e de São Paulo para Campo Grande, Lima, Londrina, Maceió e Uberlândia.

Joint venture

O Tribunal de Defesa da Livre Concorrência, no Chile, aprovou, agora em outubro, o acordo extrajudicial celebrado entre Latam e Delta Air Lines com a Fiscalía Nacional Económica. O contrato e a resolução do tribunal  permitem, entre outras coisas, a implementação do acordo comercial (“trans-American Joint Venture Agreement” ou “JVA”), sujeito às medidas mitigatórias. A resolução é mais um passo para concretizar o que será o acordo de JV entre as companhias aéreas.

Enquanto isso, continua em andamento o processo de aprovação regulatória do Departamento de Transporte dos EUA. Em setembro, durante entrevista coletiva, o CEO do Grupo Latam, Roberto Alvo, comentou sobre a expectativa de ver este acordo de JV entrar em vigor já no ano que vem.

No Brasil, Delta e o Grupo Latam receberam a aprovação regulamentar para o acordo de joint venture transamericano (JVA) do Conselho Administrativo de Defesa Econômica do Brasil (Cade) em 2020. A proposta apresentada na época foi aprovada sem condições, após uma avaliação das considerações de livre concorrência e levando em consideração o impacto econômico sem precedentes do Covid-19 no setor de aviação civil.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.