Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros / Turismo em Dados

NCL fecha primeiro trimestre com receita superior a US$ 500 milhões

prima norwegian ncl

As despesas operacionais totais de cruzeiros aumentaram 266,1% em 2022

A Norwegian Cruise Line Holdings divulgou seus resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre de 2022, encerrado em 31 de março de 2022. A receita chegou a US$ 521,9 milhões, alta astronômica em comparação com US$ 3,1 milhões do 1T21, devido à retomada dos cruzeiros. O prejuízo líquido ajustado, no entanto, foi de US$ 760,5 milhões, enquanto a liquidez da empresa chegou US$ 3,1 bilhões.

As despesas operacionais totais de cruzeiros também aumentaram (266,1%) em 2022, em comparação com 2021, devido à retomada das viagens. O aumento em 2022 reflete maior folha de pagamento, combustível e custos variáveis diretos de navios totalmente operacionais. O custo de alguns itens como alimentos, combustível e logística também aumentou devido à inflação. Adicionalmente, em 2022, houve um aumento nos custos de reparo e manutenção.

O preço do combustível por tonelada métrica, líquido de hedges, aumentou para US$ 724, de US$ 590 em 2021. A empresa informou despesas com combustível de US$ 135,5 milhões no período. As despesas com juros, líquidas, foram de US$ 327,7 milhões em 2022 em comparação com US$ 824,4 milhões em 2021.

“Na semana passada, alcançamos o maior marco até agora em nosso Grande Retorno à Navegação com o Norwegian Spirit, o último navio da nossa frota a retomar a navegação, dando as boas-vindas aos hóspedes a bordo em Papeete, Tahiti. O esforço hercúleo para reiniciar nossa frota não teria sido possível sem a incrível coragem de toda a equipe Norwegian e o apoio inabalável de nossos principais parceiros e partes interessadas em todo o mundo”, disse Frank Del Rio, presidente e diretor executivo da Norwegian Cruise Line. Holdings Ltd.

A companhia concluiu em 7 de maio o relançamento da frota em fases e toda a sua frota de 28 navios está novamente em operação. Essa conquista significativa marca a conclusão de um processo de quase 10 meses para retornar os navios ao serviço, iniciado com o Norwegian Jade em julho de 2021. Ao final do primeiro trimestre de 2022, a NCL tinha 85% de sua capacidade operacional restabelecida.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.