Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Cruzeiros / Feiras e Eventos

Para Clia Brasil, após queda brusca, cruzeiros voltarão fortes

Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil

Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil

O setor de cruzeiros foi fortemente impactado pela pandemia da Covid 19. Em sua apresentação durante a BNT Mercosul 2021, o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, lembrou que as restrições e paralisações dos navios fez com que o número de passageiros diminuísse em 25 milhões no ano passado. Para este ano, a previsão é de uma retomada, mas ainda com retração de 15 milhões de passageiros no mundo todo.

“Temos um sentimento de que a retomada será forte para os cruzeiros. Mostra disso é que a indústria terá 93 novos navios, aumentando a oferta em 223 mil leitos”, afirmou. “Em março do ano passado paramos de forma voluntária e desenvolvemos o melhor protocolo de Turismo do mundo todo”, complementou.

Ferraz ressaltou que espera, no Brasil, uma retomada já no final deste ano. Lembrando que os protocolos propostos ainda precisam ser aprovados pela Anvisa. “Em julho tivemos uma reinvenção do setor no mundo com os protocolos, que são os mesmos que estão sendo propostos aqui. Já temos operações em diversos lugares, como Europa e Japão. No Brasil, a expectativa é de iniciarmos já no final deste ano”, destacou.

protocolos

O protocolo proposto pela Clia é amplo e se baseia em seis pilares: triagem, acompanhamento, higienização, estrutura médica, monitoramento e plano de contingência. A proposta é que passageiros e tripulantes só embarquem após testarem negativo para Covid-19.

O dirigente falou também da temporada 2021/2022 que terá sete navios no Brasil, o que soma uma capacidade de 27.714 passageiros, com 8.300 tripulantes.

temporada21

Receba nossas newsletters