Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Hotelaria

Bahia Principe desenvolve estratégia para promover a biodiversidade na República Dominicana

A cadeia hoteleira vai fomentar a criação de produtos turísticos mais sustentáveis, que irão melhorar a competitividade a longo prazo e colaborarão com os ministérios da Educação e do Meio Ambiente e Recursos Naturais. (Divulgação)

A cadeia hoteleira vai fomentar a criação de produtos turísticos mais sustentáveis, que irão melhorar a competitividade a longo prazo (Divulgação)

A Bahia Principe Hotels & Resorts dará início, a partir do próximo ano, a uma estratégia ambiental que permitirá posicionar Samaná, na República Dominicana, como um destino ecológico reconhecido internacionalmente. O projeto inclui acordos com diversos atores regionais e nacionais, além do programa develoPPP, promovido pelo Ministério Federal Alemão de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, e será implementado em Samaná pelo Grupo Piñero e pela Cooperação Alemã para o Desenvolvimento.

Pablo del Toro, responsável pela Gestão Ambiental no Grupo Piñero, assegura que “esta iniciativa em Samaná está alinhada ao compromisso do Grupo em estabelecer alianças estratégicas para a melhoria da biodiversidade nos destinos onde atua. Graças ao apoio do Governo da Alemanha e da GIZ está sendo possível desenvolver este projeto importante para a população local e para a rica biodiversidade da área. A empresa busca ser estratégica, propondo um projeto que atenda às principais necessidades ambientais existentes”.

A estratégia de promoção e fomento da biodiversidade em Samaná será apoiada por meio de acordos com instituições e com a administração pública. Desta forma, propõem-se a colaboração com os ministérios da Educação e do Meio Ambiente e Recursos Naturais da República Dominicana. Com eles, serão implementados programas de educação e conscientização sobre biodiversidade, realizados nas propriedades Bahia Principe Hotels & Resorts e nas escolas públicas de Samaná participantes do projeto.

Além disso, contará com o Ministério do Meio Ambiente e com o Centro para Conservação e Ecodesenvolvimento da Baía de Samaná e arredores (CEBSE) para conduzir experiências piloto em reabilitação e restauração de bacias, monitoramento da biodiversidade da região e desenvolvimento de atividades sustentáveis em áreas de abundante riqueza natural.

Por fim, a iniciativa também inclui uma parceria público-privada para a gestão adequada de resíduos, que será realizada em três municípios de Samaná (com projeto piloto em um deles), em colaboração com o Ministério do Meio Ambiente e Recursos Naturais, ONGs locais e empresas especializadas em reciclagem.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.