Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Hotelaria

Programa Acolher começa a receber profissionais de saúde no DF

Brasília 22.05.2020 // Chegada dos profissionais de saúde nol Gran Bittar Hotel. Os profissionais foram recebidos pela Secretária de turismo do DF, Vanessa Mendonça, pela subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde do DF, Silene Almeida, pelo Superintendente do HRAN, Carlos Portilho e por funcionários do hotel. Foto Zaré/Setur-DF

Profissionais foram recebidos pela secretária de turismo do DF, Vanessa Mendonça, pela subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde do DF, Silene Almeida, pelo superintendente do HRAN, Carlos Portilho, e por funcionários do hotel (Luís Tajes/Setur-DF)

Lançado no último dia 21 de maio pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), o Programa Acolher, que oferece hospedagem aos profissionais vinculados à Secretaria de Estado de Saúde, já começou a receber servidores que estão no combate à Covid-19. Os primeiros hóspedes foram recepcionados pelas secretarias de Saúde e Turismo do DF, no Hotel Grand Bittar, o primeiro a abrir as portas nesta iniciativa.

Os servidores irão se hospedar em apartamentos individuais (single), com café da manhã, almoço e jantar. Com essa medida, eles não precisam voltar para casa depois do trabalho e, assim, diminuem as chances de ocasionar possíveis contágios de seus familiares. Além disso, terão mais tempo para descansar pois conseguirão acessar facilmente os hospitais onde trabalham, dada a localização privilegiada do hotel.

A secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, esteve presente para recepcionar os profissionais e reforçou a importância do trabalho em conjunto realizado entre as Pastas para proporcionar uma maior qualidade aos servidores. “Entendemos o papel primordial que os profissionais da saúde têm desempenhado na linha de frente do combate à Covid-19. Agora, eles vão poder sair de um dia de trabalho exigente, tanto físico quando psicologicamente, e ir para um lugar com conforto e cuidado”, disse.

Juliana Fernanda é chefe de gestão de leitos do HRAN e mora com duas pessoas do grupo de risco: sua mãe é idosa, e a irmã, asmática. O Programa veio no momento certo e traz uma sensação de alivio. “É muito gratificante ter o apoio da Setur e da Saúde”, falou. A enfermeira Lídia Rodrigues também vive com a mãe, que é idosa, e fez o check-in hoje. “Esse programa é incrível, é um novo olhar do governo para os profissionais de saúde. Estão dando a oportunidade para a gente trabalhar com mais calma e paz”, complementou.

Receba nossas newsletters