Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Política

MTur participa de encontro com associação que reúne países da América Latina

Gilson Machado, presidente da Embratur

Gilson Machado, ministro do Turismo

O Ministério do Turismo participou de uma reunião da Latin American Travel Association (Lata) para debater a atual situação do turismo nos países da América Latina e as perspectivas do setor em 2022. Na ocasião, representando o ministro do Turismo no evento, a secretária nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões do MTur, Débora Gonçalves, destacou ações adotadas pelo governo federal no sentido de mitigar efeitos da Covid-19 no setor desde o início da pandemia.

“É de suma importância manter os nossos países alinhados sobre as ações que estão sendo desenvolvidas por cada um deles e intercambiar ideias, principalmente neste momento de retomada, após um período difícil enfrentado pelo turismo do mundo todo”, declarou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

Além do Brasil, também acompanharam o encontro, por meio de videoconferência, representantes de órgãos de Turismo da Colômbia, Chile, Panamá, Belize, México, Equador, Guiana, Peru e Nicarágua. Durante o encontro, foram debatidas, ainda, as novas tendências do turismo, que incluem os segmentos doméstico, de negócios e de natureza. O trabalho remoto também foi citado como uma das oportunidades de impulsionar o setor, uma vez que é possível viajar em qualquer época do ano.

A secretária ressaltou que o Brasil é um destino tendência para 2022. “O Brasil é um grande ator no turismo pós-pandemia, por sua enorme potencialidade para o ecoturismo. Temos seis biomas únicos e mais de 8 mil quilômetros de costa, o que nos torna um país excepcional como produto de sol e praia e de natureza”, apontou Débora Gonçalves.

A secretária do MTur frisou que o Brasil foi um dos países pioneiros na definição de protocolos de biossegurança contra a Covid-19, com o lançamento do Selo Turismo Responsável, que já conta com mais de 30 mil adesões por parte de estabelecimentos da área e guias de turismo. “A criação do selo foi uma importante iniciativa do governo federal para criar um ambiente seguro de retomada do turismo”, comentou Débora.

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.