Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Feiras e Eventos

Com criação de produtos turísticos, Parauapebas cresce 735% em visitantes

Marcos Alexandre dos Santos, coordenador municipal de Turismo de Parauapebas.

Marcos Alexandre dos Santos, coordenador municipal de Turismo de Parauapebas (Eric Ribeiro/M&E)

ITAJAÍ – Com um PIB de R$ 12,6 milhões, em grande parte oriundo da mineração, o município de Parauapebas, no Pará, está investindo em promoção e infraestrutura para fazer do Turismo sua atividade econômica de destaque. É o que afirma Marcos Alexandre dos Santos, coordenador municipal de Turismo de Parauapebas. “Passamos por um processo de unir o trade local, depois investimos em qualificação e agora estamos focando em infraestrutura e em negociações com as operadoras”.

O investimento em Turismo já rendeu seus primeiros frutos em menos de dois anos. Em 2016, o município recebeu 816 turistas. Este número subiu para 6 mil no ano passado, considerando lazer e negócios, um aumento de consideráveis 735%.

A oferta hoteleira na região é de 2,9 mil leitos, distribuídos por 82 empreendimentos, com a presença de grandes redes. O acesso se dá pelo Aeroporto de Carajás, com voos de Azul e Gol na perna Brasília-Confins. Também é possível chegar de trem, a partir de São Luís (MA).

ROTEIROS

O turismo de Paraupebas organizou a região em um produto composto por cinco rotas turísticas. Os passeios são distribuídos por três agências de receptivo, especializadas nas rotas. De acordo com Marcos, a passagem por todas as rotas demanda um período de permanência de dez dias. Os destaques ficam por conta da Rota Indígena, que incluí visita à aldeia dos Carajás, com experiências como pintura corporal, danças típicas e culinária indígena.

A rota mais visitada é dos Carajás, considerada a principal entre as cinco. O passeio inclui trilhas, cachoeiras, cavernas e mirantes. As outras três rotas são a das Águas, com visita ao Garimpo das Pedras e a águas termais no meio da floresta com temperatura de 46ºC, a rota do búfalo, que explora o turismo rural, e o city tour.

NOVA ROTA

O município está trabalhando em conjunto com o Maranhão para a criação de uma rota turística, em um formato parecido com a Rota das Emoções, que liga Maranhão, Piauí e Fortaleza. “Estamos conversando com o Maranhão para a elaboração desta rota, para aproveitar esta ligação de trem. A intenção é realizar o lançamento durante a Abav Expo 2019”, contou o coordenador municipal de Turismo.

 

O M&E viaja com apoio da Shift Mobilidade Corporativa