Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação

Delta anuncia acordo para comprar 20% da Latam

deltaa220

Empresa informou que fará uma oferta pública a US$ 16 por ação da Latam

A Delta Air Lines anunciou nesta quinta-feira (26) um acordo para comprar 20% da Latam por US$ 1,9 bilhão (cerca de R$ 7,9 bilhões). Em comunicado, a Delta informou que fará uma oferta pública a US$ 16 por ação da Latam. O negócio foi anunciado como uma parceria estratégica que combina as forças das companhias aéreas líderes das Américas do Norte e Latina. Juntas, as duas empresas viajarão para 435 destinos no mundo todo.

A Delta disse, em nota, que espera que a transação aumente seus lucros nos próximos dois anos. Também em comunicado, a Latam disse que espera que a transação “melhore significativamente a geração de fluxo de caixa, reduza sua dívida futura projetada em US$ 2 bilhões até 2025 e melhore sua estrutura de capital”.

Além da compra das ações, o acordo também prevê que a Delta invista US$ 350 milhões para apoiar a criação da parceria estratégica e a saída da empresa latino-americana da aliança Oneworld, da qual faz parte desde 2000 – junto com a American Airways, concorrente da nova parceira.

A Delta também deverá adquirir quatro A350s da Latam e assumir o compromisso de compra de outras dez aeronaves do mesmo modelo, a serem entregues entre 2020 e 2025. A oferta e a parceria estratégica estão sujeitas a condições de fechamento e a aprovações governamentais e regulatórias. O processo deve levar entre 12 e 24 meses.

A Delta possui uma participação de 9,4% na Gol, da qual poderá se desfazer. A empresa norte-americana também vinha negociando a compra de uma participação de 10% na Alitalia.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.