Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Turismo em Dados

Grupo Emirates ameniza prejuízo e fecha ano fiscal com US$ 18 bilhões de receita

hhsheikhahmedbinsaeed

Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente do Grupo Emirates

O Grupo Emirates divulgou os resultados operacionais e financeiros referentes ao ano fiscal 2021-2022, findo em 31 de março de 2022, com destaque para uma forte recuperação de seus negócios. A receita do Grupo, por exemplo, chegou a US$ 18,1 bilhões, uma alta expressiva de 86% justificada pela forte demanda à medida que as restrições de viagens vão chegando ao fim.

O Grupo Emirates fechou o ano fiscal com US$ 7 bilhões em caixa, aumento de 30% em relação ao ano passado, devido à forte demanda em suas principais divisões de negócios e mercados, desencadeada pela flexibilização das restrições relacionadas à pandemia. O prejuízo anual, por sua vez, foi de US$ 1 bilhão, mas é algo a ser comemorado, já que no ano fiscal de 2020-2021, as perdas chegaram a US$ 6 bilhões.

Apenas a Emirates Airline viu a receita crescer 91% para US$ 16,1 bilhões, principalmente por conta do restabelecimento de boa parte dos voos comerciais de passageiros. A companhia ainda relata um prejuízo significativamente menor de US$ 1,1 bilhão, em relação aos US$ 5,5 bilhões de perdas no ano anterior. A capacidade da companhia aérea aumentou 47% durante todo o ano, com destaque para cinco novas aeronaves A380 adicionadas à sua frota.

“Este ano, nos concentramos em restaurar nossas operações com rapidez e segurança, sempre que as restrições relacionadas à pandemia diminuíam. A recuperação dos negócios acelerou, especialmente na segunda metade do ano. A demanda robusta de passageiros impulsionou uma grande melhoria em nosso desempenho financeiro em comparação com nossas perdas sem precedentes do ano passado”, disse Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente do Grupo Emirates.

Em 2021-22, o Grupo investiu ainda US$ 2,2 bilhões em novas aeronaves e instalações e nas mais recentes tecnologias para posicionar os negócios para recuperação e crescimento futuro. A empresa também continuou avançando em sua estratégia ambiental focada na redução das emissões de carbono, no consumo de recursos com responsabilidade e na conservação da vida selvagem e dos habitats.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.