Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Serviços

Trade turístico comenta impacto dos avanços da Ômicron na economia

mediensturmer-aWf7mjwwJJo-unsplash

Empresários compartilham expectativas e um panorama dos primeiros quinze dias de 2022 e fazem uma análise dos impactos da Covid-19 no Turismo

Um relatório divulgado recentemente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) informa que a cepa Ômicron da Covid-19 já é responsável por 60% dos casos no último mês. Os dados da OMS apontam ainda que as curvas de transmissão de países como Canadá e Reino Unido, que têm coberturas vacinais semelhantes às do Brasil, caíram depois de um mês, o que tem levado especialistas a projetarem a diminuição de casos no final de fevereiro.

“Nós já fomos impactados com muitas remarcações e até cancelamentos, uma vez que os viajantes não podem (e nem devem) embarcar pelas positivações que estão ocorrendo”, diz Rodrigo Rodrigues, diretor Comercial da Schultz Operadora. No setor hoteleiro, Fernando Kanbara, gerente geral do hotel Grand Mercure Curitiba Rayon aponta os cancelamentos e adiantamentos no setor de eventos.

“Já estamos sentindo o impacto, ainda que ele seja muito menor do que aquele que assistimos em março de 2020. O modelo híbrido volta a ser uma alternativa para dar continuidade às agendas – neste sentido, inclusive, estamos avaliando readequar parte de nossas salas em formato de estúdios de transmissão, o que fizemos no passado para atender nossos clientes corporativos”, declara.

A respeito dos eventos, Thais Del Ben, gerente de Marketing da WTM Latin America, feira datada para acontecer entre 5 e 7 de abril, em São Paulo aborda o preparo do profissional de turismo diante do cenário pandêmico. “Não minimizamos os riscos e precisamos ficar alertas aos cuidados e todos os protocolos e exigências sanitárias. Se as previsões confirmarem e a variante perder a força, os profissionais de turismo estarão ainda mais confiantes, e a WTM Latin America chega no momento certo para ajudar essas empresas a se conectarem”, endossa.

A Atrio Hotel Managment, especializada no desenvolvimento, implantação e operação de hotéis comenta que a primeira quinzena de 2022 foi a melhor do período em comparação com os 10 anos anteriores impulsionado pelo segmento de lazer
“Não tivemos impacto. Tivemos, claro, cancelamentos, mas eles não são expressivos. Em números absolutos, eles somam quase 2.000 noites canceladas, o que representa cerca de 1% de nosso volume mensal”, explica César Nunes, vice-presidente de Vendas e Marketing da empresa.

O executivo reforça que, embora tímido, o segmento corporativo vem compondo, cada vez mais, o mix oferecido pela empresa. “Estamos com uma alta demanda de orçamentos para grupos e eventos nestes próximos dois meses”. Conforme João Cazeiro, diretor de desenvolvimento de novos negócios da Livá Hotéis e Entretenimento, o setor de empreendimentos multipropriedade, aponta que embora haja alta no número de casos da Covid-19, o grande impacto foi causado pelo alto volume de chuvas em Minas Gerais, o qual impede a locomoção do público, e não pela doença.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.