Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Política

Embratur busca ampliar vínculos entre Brasil e Argentina para fomentar o turismo

8998

Campanhas de promoção do Brasil no país vizinho e conectividade aérea foram as pautas do encontro em Brasília

A Embratur, a Embaixada da Argentina no Brasil e a Secretaria de Turismo do Distrito Federal debateram o fortalecimento dos vínculos e parcerias de Brasil e Argentina para incrementar a movimentação de turistas. “Queremos estreitar os laços e aumentar a conectividade entre os dois países. E, para isso, a Embratur está trabalhando para fomentar ainda mais a vinda de turistas argentinos para o Brasil”, enfatizou o diretor de Gestão Corporativa da Agência, Edson Queiroz.

A diretora de Marketing, Inteligência e Comunicação, Karisa Nogueira, levantou a importância da retomada das divulgações internacionais da Embratur no exterior, a exemplo do que ocorreu no último verão com a campanha “Uno, dos, três, Brasil!”, realizada na Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai.

“Após um período em que a Embratur precisou, por força de legislação, devido à pandemia, focar na promoção do turismo interno, a Embratur voltou, a partir de julho de 2021, seu foco para sua missão original em promover o Brasil em outros países e atrair visitantes estrangeiros. Nossa última campanha veiculada na Argentina, entre novembro de 2021 e março de 2022, por exemplo, levou o número de reservas de voos e hospedagens entre os turistas argentinos praticamente ao mesmo patamar do verão antes da pandemia”, reforçou Karisa Nogueira.

O ministro da Embaixada da Argentina, Rodrigo Bardoneshi, enfatizou a importância do intercâmbio turístico bilateral entre os países. “O intercâmbio turístico entre o Brasil e a Argentina é bastante tradicional e os números mostram a importância dessa relação para os dois países. Na América Latina, o Brasil é o principal destino emissor de turistas para a Argentina e precisamos seguir nessa posição”, reforçou Bardoneshi.

CONECTIVIDADE – A retomada de quatro voos entre Brasília e Buenos Aires foi celebrada no encontro desta quarta-feira. Também estão previstos mais dois voos semanais entre São Paulo e El Calafate, na Argentina, a partir de julho, todos operados pela Aerolíneas Argentinas. Principal emissor de turistas estrangeiros para o país, a Argentina enviou para o Brasil, somente no mês de abril, 510 voos, com mais de 101 mil assentos.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.