Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Turismo em Dados

Bonito (MS) bate recorde de movimentação turística em 2021

O mergulho no rio é uma das experiências mais procuradas de Bonito

Foi a melhor taxa mensal de ocupação do ano, melhor quadrimestre dos últimos 6 anos e o melhor ano em número de visitações

Bonito (MS) recebeu 205.460 visitantes em 2021, com uma taxa de ocupação hoteleira que variou de 80 e 100% no Natal e no Réveillon, segundo dados do Bonito Convention & Visitors Bureau (BCVB) referentes a dezembro e ao acumulado do ano. Foi a melhor taxa mensal de ocupação do ano, melhor quadrimestre dos últimos 6 anos e o melhor ano em número de visitações aos atrativos. Esse é um resumo do que apresentou o BCVB em seu boletim.

Destaque também para o melhor mês aéreo do ano, com 2.983 desembarques em dezembro. “Os bons números refletem as oportunidades geradas no mercado interno e ao trabalho da Fundação de Turismo e do trade sul-mato-grossense, que se mantiveram ativos em ações de promoção desde o início da pandemia. Uma das grandes ações foi a captação do voo direto do aeroporto de Congonhas (SP) para Bonito, operado pela Gol e inaugurado no dia 2 de dezembro do ano passado”, declara Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FundturMS).

No entanto, o diretor-presidente lembra que ainda vivemos um momento de atenção. “A vacinação tem mostrado bastante eficácia reduzindo muito os casos graves de Covid-19 e, com isso, temos expectativa de que a pandemia comece a enfraquecer. No entanto, 2022 é um ano de muitas variáveis que devem ser acompanhadas”.

O presidente do BCVB aborda os resultados positivos e fala sobre os cuidados diante da pandemia. “Estamos muito satisfeitos com os resultados alcançados, com números recordes que tivemos de demanda turística no último período. Isso é fruto de um trabalho consistente e da parceria entre trade e poder público, principalmente Fundtur e Prefeitura de Bonito”.

De acordo com ele, foram várias ações integradas de promoção feitas de forma conjunta e muito profissional. “Mas, mesmo diante desses excelentes resultados estamos sempre vigilantes quanto à pandemia, tanto no monitoramento do número de casos de infectados, quanto ao respeito às regras sanitárias. E também à conscientização dos turistas que estão fazendo sua parte durante a visitação ao destino”, salienta Coinete.

De olho nas oportunidades

De acordo com Bruno Wendling, a Fundação de Turismo tem feito planejamentos para poder responder rapidamente às necessidades e oportunidades. “Ainda não tivemos normalização de acessos aéreos, nem nacionais e muito menos internacionais, porém continuamos trabalhando nos dois cenários”.

“Lembro também que o MS possui muitos destinos incríveis e pretendemos continuar estimulando a demanda regional, proporcionando lazer para nossa população e o movimento da nossa economia. Olhamos para 2022 com muito otimismo, mas sabemos que é um ano de muitas análises para compreensão dos cenários e de muito trabalho com sempre temos feito em parceria com o trade”, finaliza o diretor-presidente.

Melhor desempenho dos últimos seis anos

Melhor taxa de ocupação no mês de dezembro, melhor quadrimestre dos últimos 6 anos, melhor ano no número de visitações aos atrativos. Esse é um resumo do que apresentou o BCVB em seu último boletim. As visitações nos atrativos do destino chegaram a 679.650 no ano, com saldo positivo de 473 empregos. Melhor desempenho dos últimos 6 anos.

São Paulo continua sendo o principal emissor de turistas nacionais para o destino, com 32,92% dos visitantes, seguido de RJ (11,76%), PR (1,10%), SC (7,77%) e outros estados brasileiros. Mato Grosso do Sul representou 7,40% dos visitantes no período. Já os cinco maiores emissores de turistas internacionais foram Paraguai, Estados Unidos, França, Bolívia e Alemanha.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.