Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação

CEO da Spirit está confiante na fusão com a Frontier Airlines

Untitled-1

O nome da nova companhia aérea, que nasce desta possível fusão, será determinado em breve, assim como a sede e o novo CEO, caso sejam aprovados pelos acionistas no dia 10 de junho

Falta pouco mais de duas semanas para os acionistas da Spirit Airlines decidirem sobre a fusão proposta com a Frontier Airlines e sobre a recusa oficial de uma proposta também feita pela JetBlue para sua aquisição. O CEO da Spirit Airlines, Ted Christie, acredita que os acionistas de sua empresa votarão a favor da fusão com a Frontier Airlines e que ficaria surpreso em caso de uma possível recusa.

Na última semana, o Conselho de Administração da Spirit Airlines já tinha aberto definitivamente o caminho da companhia para fusão com Frontier, ao recomendar que os acionistas votem a favor do acordo. O sindicato Association of Flight Attendants (CWA) inclusive disse que apoiaria a fusão planejada entre as transportadoras. Por outro lado, o Conselho, por unanimidade, decidiu que a oferta da JetBlue não é mesmo do melhor interesse para transportadora e acionistas.

Segundo informações do TravelPulse, funcionários da Spirit consultaram consultores financeiros e jurídicos externos, que revelaram que a proposta da JetBlue enfrentaria obstáculos regulatórios substanciais. Outros problemas que o conselho da Spirit descobriu durante a pesquisa sobre a oferta da JetBlue, envolvem a possível espera de até dois anos por uma aprovação antitruste, além de uma dependência de um mercado de ações altamente volátil e financiamento de dívida questionável.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.